Questão pertinente: há alguém na lista do PS para as europeias sem tendência para dizer disparates?

Estou aqui a divertir-me com os escândalos do Cabinet de Gordon Brown e de outros MPs trabalhistas (há-de chegar aos tories, promete o The Daily Telegraph) com as despesas para as segundas casas, desejando que este nível de escrutínio fosse aplicado em Portugal e deparo com esta maravilhosa peça do JN sobre Elisa Ferreira e só posso pensar que em Portugal os políticos estão muito pouco habituados ao escrutínio e não se coibem de dizer as maiores barbaridades, no caso, pelo lido, com um sorriso bem-disposto na cara.

Pois, caro leitor – e eleitor – fique sabendo que Elisa Ferreira (a do partido que exigia explicações do PSD devido à Lei da Paridade) vai apenas ao Parlamento Europeu “dar o nome“. O que, como se sabe, é o objectivo de qualquer eurodeputado. Picar o ponto é o que interessa. Mas há mais. Desabafa a dupla candidata “O meu objectivo é sair de onde estou e trabalhar para a cidade“. Questionamo-nos, então, se o objectivo de Elisa Ferreira é sair do PE, porque se candidata novamente nas listas do PS? E, já agora, porque continuará no PE (se perder nas autárquicas) em vez de ocupar um lugar como vereadora na câmara do Porto se o que quer é voltar para o Porto e sair do PE? Ai que há aqui alguma confusão – ou ideia de que se está a falar com tolinhos que engolem papas e bolos.

Contudo a minha parte preferida vem só agora. Ora vejam, diz Elisa Ferreira sobre o trabalho de Rui Rio nos bairros sociais (que, desconfio, a incomoda) “Pintaram os bairros, mas esqueceram-se de vos dizer que o dinheiro é do Estado, é do PS” (meu bold). Desculpe?! O dinheiro que é do Estado é do PS?!!! Não é que depois de episódios como o do video-propaganda do Magalhães alguém pensasse que não é esse o entendimento do PS, mas eu diria que é perder todo o decoro assumi-lo com esta frontalidade e ainda decorado com sorriso e palavras sobre tricot.

Sejamos, portanto, pedagógicos. Cara Elisa Ferreira, não, o dinheiro do Estado não é do PS. O dinheiro do Estado é dos contribuintes, qua trabalharam bastante para o ganharem e, de caminho, sustentarem o Estado. Quem não percebe esta parte tão básica da política deveria ocupar-se em qualquer profissão dentro da legalidade; para a política é claramente desajustada. E perigosa.

Anúncios

12 thoughts on “Questão pertinente: há alguém na lista do PS para as europeias sem tendência para dizer disparates?

  1. Pingback: Como diz que disse? « BLASFÉMIAS

  2. Ricardo Sebastião

    Como sempre, deliciosamente corrosiva, se bem que com deixas destas se torne bem mais fácil eheh! Impressionante de facto estas atoardas da Elisa Ferreira, espelham bem o rumo deste país!

  3. Ricardo Sebastião

    PS: se o dinheiro é do PS, quando é que os socialistas se irão dispor a pagar a monstruosa dívida pública do Estado? ehehehe

  4. Clara França Martins

    Olha mais outros! A direita blogosférica anda muitíssimo preocupada com Elisa Ferreira. Porque será?…

  5. A. R

    Coitadinha. Se ainda fosse bonita .. mas nem isso. Talvez numa novela rasca tivesse sucesso.

  6. Clara França Martins

    Falar de beleza quando se tem uma líder como Manuela Ferreira Leite…coitadinha…um susto!

  7. A. R

    Ana Gomes a beleza do Meco deixa o público masculino em autêntica polvorosa. Só lhe falta ser loura …

  8. JP Ribeiro

    “Desculpe?! O dinheiro que é do Estado é do PS?!!! ”

    E não é? Pois se não é parece, ou você não vive neste país?

  9. I Parte

    Para o seu nome dar
    e fazer figura desagradável,
    com vacuidade de bradar
    miseravelmente degradável!

    Outros poderiam aparecer
    sem tão evidente ubiquidade,
    assim não conseguirá transparecer
    a tão necessária equidade.

    O mexilhão atento às declarações
    em período eleitoral,
    considera estas afirmações
    sem qualquer sentido moral.

    II Parte

    A absurda coligação
    entre as hostes socialistas,
    faz lembrar uma agregação
    de personagens irrealistas.

    Neste filme horripilante
    de conteúdo desertificado,
    este socialismo ambulante
    é de cariz mumificado.

    Atento à actualidade
    de um socialismo empacotado,
    que medonha realidade
    deixando o mexilhão espantado!

  10. Pingback: Leituras: « BLASFÉMIAS

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s