A “bolha verde”

Um recente estudo da Universidad Rey Juan Carlos revela que os fortes incentivos à produção de energia a partir de fontes renováveis terá implicado , por cada emprego directo, a perda de 2.2 empregos noutros sectores e cerca de 28.6 mil milhões de euros em custos adicionais aos consumidores entre 2000 e 2008. Por falta de dados do próprio governo os autores do estudo foram incapazes de determinar o montante gasto em subsídios directos.

Devido aos fortes incentivos à produção (que chegaram a atingir 575% do preço de mercado para os pequenos produtores e 300% para os maiores). de nos´últimos 4 anos a capacidade de produção através de energia solar terá crescido 20000%.

Perante o excesso de capacidade índuzido e o peso dos subsídios, o governo espanho foi forçado a diminuir drasticamente os os incentivos e a impor quotas para a criação de mais capacidade. Os empregos criados (maioritariamente na construção) estão a desaparecer e sem subsídios não se prevê que estas empresas sejam rentáveis.

ADENDA: A propósito do tema, recomendo a leitura do testemunho do Prof Michael J. Trebilcock acerca do Ontario’s Green Energy Act.

5 pensamentos sobre “A “bolha verde”

  1. Isto está bom é para mergulhadores 😉

    Aproveito o regresso para referir que espero que a Páscoa tenha sido boa.

  2. Pingback: Estreia auspiciosa « O Insurgente

  3. Pingback: E após uns largos milhões desperdiçados… | O Insurgente

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.