“I’m getting uncomfortable”

A entrevista era difícil, tinha perguntas difíceis, e chamar às prisões supervisionadas por Che “campos de concentração” não tá com nada:

‘Che’ spurs debate, Del Toro walkout

A controversial new biopic about Cuban revolutionary Ernesto “Che” Guevara is awakening old passions and provoking vigorous defenses and denunciations of the iconic revolutionary and – in the case of an interview with The Washington Times – a dramatic walkout.
“I’m getting uncomfortable,” Benicio del Toro said after fielding a question about his new movie’s portrayal of the Bolivian and Cuban revolutions. “I’m done. I’m done, I hope you write whatever you want. I don’t give a damn.” With that, the Oscar-winning actor walked away, abruptly terminating an interview conducted late last week to discuss director Steven Soderbergh’s “Che.”

Leitura Complementar:
Totalitarismo Chic no Fantasporto
Hollywood e Che Guevara

Anúncios

4 pensamentos sobre ““I’m getting uncomfortable”

  1. Ó Elizabete, não percebes nada de actores. Então não se vê logo que ele estava a encarnar a personagem? É que ‘diz que’ o Che também não gostava muito que o contradissessem…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.