Precisamente

O conflito israelo- -palestiniano não vai ter uma solução justa, e muito menos uma solução consistente com o romantismo e o moralismo dos defensores da chamada causa palestiniana. Terá de ter uma solução realista, muito próxima daquela que os líderes israelitas estão dispostos a aceitar. Os líderes israelitas aceitam a criação de um Estado palestiniano em troca de garantias de paz. O Hamas defende a eliminação do Estado de Israel e o regresso dos palestinianos aos territórios que detinham há 60 anos. Estes objectivos são utópicos e irrealistas. O Hamas é neste momento o principal obstáculo à paz.

Guerra em Gaza, por João Miranda no DN.

Anúncios

3 thoughts on “Precisamente

  1. Luís Lavoura

    “Os líderes israelitas aceitam a criação de um Estado palestiniano em troca de garantias de paz.”

    … Depende de qual fôr a área ocupada poe esse Estado palestiniano. Se essa área fôr muito grande ou muito valiosa, os líderes israelitas não aceitam.

    “Estes objectivos são utópicos e irrealistas. O Hamas é neste momento o principal obstáculo à paz.”

    Se se considerar a paz como objetivo supremo, a ser obtido a qualquer custo, etnão nã há dúvida de que o Hamas é uma coisa horrorosa. Se, no entanto, se considerar que a paz a ser obtida deve, de alguma forma, ser “justa”, então ser um obstáculo à paz, como o Hamas o é, pode não ser tão terrível assim.

    Naturalmente que a classificação mirandina de “objetivos irrealistas” também tem muito que se lhe diga. O Vietname teve o objetivo irrealista de vencer uma guerra com os EUA, e conseguiu alcançar esse objetivo – depois de durante muitos anos ter constituído um “obstáculo à paz”.

    Em suma, o raciocínio mirandino é tautológico.

  2. lucklucky

    Tenho de discordar em algumas coisas. Os “defensores” dos Palestinianos não defendem os Palestinianos em nada.
    Apoiam uma ditadura dos Poderes Palestinianos sobre as próprias populações com base na intimidação e violência expulsando com crueladade da sociedade quem discorda, explorando com endoutrinação pessoas ignorantes e pessoas “inferiores” na escala da sociedade Palestiniana para suícidios e endoutrinando as crianças para uma Guerra de extermínio. Como civilização independentemente de Israel os Palestinianos têm um futuro medonho. Aquilo que fazem a Israel fazem e farão 2x piores a outros Palestinianos. Nessa altura os “defensores” ficam em silêncio.
    No dia em que Israel desaparecesse os palestinianos saíriam do mapa dos “Românticos e Moralistas”. E seriam mais uma das dezenas de povos engolidos pelo Arabismo no Médio Oriente a que ninguém liga porque nunca houve um poder Mediático-Marxista por trás pois não havia América/Ocidente com que lutar.

    Quanto á caracterização Românticos e Moralistas apoiando um governo Islamonazi,é possivel se considerarmos várias morais. Desde Vallhala, Wagner ao Nacionalismo Extremo e Racismo(Pureza) podem-se considerar manifestações Românticas. Islamismo Radical com subjugação das outras religiões, o Califado… também.

    A derrota dos palestinianos é uma derrota justa, consequência do seu extremismo e intolerância para fora e para dentro.
    E a derrota não é só com o exterior é interior dentro da sua sociedade.

    “O Vietname teve o objetivo irrealista de vencer uma guerra com os EUA”

    O Vietname? Que eu saiba havia pelo menos dois Vietnames. Um perdeu e outro ganhou. Os Boat-people mostraram quanto a parte que ganhou era apreciada. Enquanto houve Guerra tiveram na sua terra. Quando chegou a “paz” fugiram da sua própria terra…É um pouco como a “paz” Cubana.

  3. Pingback: Continuem a defender cegamente Israel « Entre marido e mulher

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.