E não se pode privatizá-lo?

Segundo o Diário de Notícias, de 2001 a 2008 o serviço de propagada governamental público de rádio e televisão custou-nos 1,9 mil milhões de euros. Estima-se que em 2009 sejamos forçados a contribuir com mais 230 milhões e que dívida da empresa chegue aos 951,1 milhões de euros.

3 pensamentos sobre “E não se pode privatizá-lo?

  1. ALberto

    Hmmm e além dos jogos da Liga Sagres, em que mais gastou esse serviço de propaganda?
    É que não encontro nada que justifique tanto dinheiro… Publicidade, tem tanto ou + tempo que as privadas SIC/TVI.. Produção Nacional? LOL! Filmes de jeito? São todos antigos, antiquíssimos, e várias vezes repetidos..

  2. Pingback: Leave us alone! « O Insurgente

  3. Pingback: Do Freeport a Shaolin (2) « O Insurgente

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.