Vocês aí embalados pelo discurso do diálogo e da paz

sapatos-de-palhaco-22Este era para ser um post cheio de palavrões, só porque sim. Hoje logo cedo li a “Opinião” do Paulo Varela Gomes sobre o Leopold, o café de toda a gente, em todo o mundo e apesar da náusea consegui engolir o que tinha na mesa. Enfim. Pensei postar sobre o assunto mas, ao longo do dia, foi-me passando e desisti. Desisti até ler o que escreveu o Miguel Morgado no Cachimbo de Magritte. Porque aquele multiculturalismo vem do esgoto, dos coliformes fecais que povoam as cabeças dos Paulo Varela Gomes deste mundo. Escreve o dito:

O Leopold estava sempre cheio de estudantes e outros jovens. Tão jovens como aqueles que ontem atiraram granadas lá para dentro e dispararam sobre as pessoas, tão determinados, tão interessados em acreditar, tanto os que morreram como os que mataram.

São todos iguais não são? Valem o mesmo, são o mesmo.

4 pensamentos sobre “Vocês aí embalados pelo discurso do diálogo e da paz

  1. Na opinião daquela coisa amorfa e sem espinha, anterior mne e, dizem, prof. universitário, chamado freitas do amaral, ainda lhes devemos pedir desculpa (aos terroristas coitadinhos) porque nós, ocidente, somos a fonte do mal… mandai-o senhores, mandai-o para o meio dos fanáticos de que tanto gosta… a ele a ao paulinho e a outros iluminados que tais…

  2. Infidel

    Segundo o India Today, os filhos da p_ta pretendiam explodir uma bomba no aeroporto:

    http://indiatoday.digitaltoday.in/index.php?option=com_content&task=view&id=21166&sectionid=4&issueid=81&Itemid=1

    “At rush hour, the lights stayed red for long, at which the passengers berated the driver and asked him to cut the traffic lights. The driver moved on, but the wait turned out to be a minute or two too long. The car exploded. All that was found was a severed head and parts of three human legs. Had the terrorists’ plans of coinciding a blast at the airport with the attacks on the Taj and Oberoi hotels succeeded, the death toll of 26/11 would have been much bigger than it already is.

    Será que o filho da p_ta do Allah lhes vai entregar as 72 virgens ?

  3. “Meter tudo no mesmo saco”, o enorme equívoco da “igualdade”, a desculpabilização dos crimes mais horríveis, é um dos sintomas visíveis de uma sociedade profundamente doente.
    Por isso vou sempre apoiar-me em Arno Gruen: “A Loucura da Normalidade” e “A Traição do Eu” da Assírio e Alvim, e ao seu “Falsos Deuses” da Paz Editora. Este autor consegue distinguir as razões desta lógica de morte (do psicopata) e como ela já contaminou a vida política e económica (no fundo, muitas das pessoas que orbitam à volta do poder).
    A motivação de fundo do psicopata é a destruição e a morte, o ódio a tudo o que é vivo. Não é um fenómeno generalizado, mas há um perigo real quando toda uma sociedade é “educada” para ser conformista e tolerante com a violência.
    Uma sociedade saudável e que quer preservar o respeito pela vida não pode tolerar qualquer equívoco ético ou moral deste género, por isso gostei tanto deste alerta!
    Cumprimentos. Ana

  4. Helder,

    Acho que não leste bem o artigo em causa. Ou então o preconceito atravessou-se entre ti e o artigo do Paulo Varela Gomes.

    P.S. Dizer que os “terroristas são determinados” é matéria de juízo de facto, e não de valor. Portanto, qual é o problema? Mais, as crónicas de Paulo Varela Gomes, muito em particular as que versam sobre Goa, são de leitura obrigatória. O Paulo Varela Gomes deve ser a pessoa que mais sabe sobre a Índia, entre as gentes do nosso país.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.