Obama e Hillary

“Hillary of State” de Kimberley Strassel (WSJ)

One rule of employee relations? Never hire someone you can’t afford to fire. Barack Obama’s offer to let Hillary Clinton be secretary of state has already been marked down as a brilliant co-option of his former rival. But nothing comes for free, and the question is just how big a price Mr. Obama will pay in the end.

4 pensamentos sobre “Obama e Hillary

  1. Luís Lavoura

    “Never hire someone you can’t afford to fire.”

    Se essa regra fosse seguida cá em Portugal, ninguém daria emprego não-temporário a ninguém.

  2. Caro Miguel

    Mas onde está escrito que o Obama não a pode despedir ?
    Se até o marido dela já o fez no 1º mandato, mais fácil é o Obama fazê-lo.
    Eu não sou um fã do Obama, mas ninguém que chega a Presidente dos EUA é parvo.
    Ele está a aplicar a regra de manter os amigos próximos e os inimigos mais próximo ainda.
    Entretanto vai adormecendo quem estava com medo duma revolução socialista e na 1ª calinada que a Hillary fizer põe-na na rua e acaba com os Clinton’s de vez.
    .

  3. lucklucky

    Ele provavelmente sabe que tem muitos problemas pela frente e não pode correr o risco de ter Clinton de fora a fazer snipping de cada vez que algo corre mal ao Wonderboy.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.