Uma Oportunidade

O PSD apresentou hoje o site do Instituto Sá Carneiro. Se for bem usado, ele poderá representar uma excelente oportunidade para o partido laranja divulgar as suas ideias. Hoje em dia, os políticos vivem num ambiente mediático que vive exclusivamente do soundbyte, sendo muito pouco convidativo à argumentação séria e à análise ponderada de propostas. Mais grave ainda, os políticos têm de viver nesse ambiente mediático, pois fora dele não existem. O problema está em que as reformas de que o país necessita, por implicarem uma alteração profunda do estado de coisas, precisam de ser muito bem explicadas a um eleitorado que estará pouco receptivo a perder o pouco que já tem. Assim, o que o político tem de fazer para ter sucesso eleitoral (dominar a agenda mediática) é o que faz com que tenha pouco sucesso como reformador (pois, ao limitar-se ao soundbyte, não consegue convencer o eleitorado da real necessidade dos sacrifícios, e enfrenta a mais forte oposição mesmo nas mais fracas “reformas”).

A única forma de um político ou de um partido escaparem a este ciclo vicioso de degradação do debate democrático é “passar por cima” do ambiente mediático que os aprisiona. E a melhor forma de o fazer hoje em dia, será através dos blogs: A população de leitores de blogs pode ser limitada, mas o que hoje é dito nos blogs chega rapidamente aos jornais, rádios e televisões. Com este site, o Instituto Sá Carneiro (e por associação, o PSD) terá a oportunidade de o fazer: se não se limitar a estar aberto a umas simples “sugestões” que os visitantes deixem nas caixas de comentários, mas se efectivamente se dirigir aos blogues, pedindo-lhes comentários (favoráveis ou críticos), e se efectivamente entrar em diálogo com eles (procurando responder a esses comentários, enviando-lhes as propostas que vier a apresentar, ou os vídeos das pessoas que nele colaborem), poderá encontrar uma série de gente que estará bem mais disposta a discutir as suas propostas com base no que elas de facto contêm, pessoas que estarão realmente interessadas em discutir se determinada proposta terá bons ou maus resultados, e não apenas se o político A ou B “passa melhor” em televisão, ou se “está silencioso” ou comete “gaffes”. Dará trabalho e implicará uma enorme resistência à crítica, mas se o PSD e o Instituto querem que este sirva como uma plataforma de discussão política eficaz, será a única maneira de o conseguirem.

2 pensamentos sobre “Uma Oportunidade

  1. clara martins

    Uma coisa não impede a outra. Existe normalmente reflexão, e bem profunda, pensamento, construção de ideias, estratégias, rumos e, concomitantemente, exposição mediática. Basta pensar nas eleições norte-americanas. Ou vai dizer-me que a equipa de Obama não pensou?

  2. Implica, a meu ver, uma nova forma de estar na política, de a viver. Implica o cidadão comum, a sua participação e responsabilização. No PSD, o maior obstáculo actual é a necessidade de afirmação pessoal de alguns e pouco sentido do bem comum. Concordo que muito do debate mais profundo já habita nos blogues. Como fonte de ideias e possíveis caminhos, acho que podem ser úteis. Mas a participação do cidadão comum tem de ser mais activa. Necessariamente. O lider que entender isto e apelar à participação e responsabilização do cidadão, terá a oportunidade de fazer as reformas necessárias. (A propósito, detesto já esta palavra, “reformas”, assim como outra, “as boas práticas”). Cumprimentos. Ana

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.