The world’s first non-reserve, non-fractional bank

Free Lakota Bank

5 pensamentos sobre “The world’s first non-reserve, non-fractional bank

  1. CN

    Devia ser o que as pessoas quiserem, mas no fim vão querer os activos reais cuja quantidade total seja a mais estável, e isso é o ouro e prata.

  2. “Devia ser o que as pessoas quiserem, mas no fim vão querer os activos reais cuja quantidade total seja a mais estável, e isso é o ouro e prata.”

    Caro CN

    Isso é indesmentível e não é no fim, é já agora.
    Se tiver acesso às newsletters do Millennium veja na nº123, no ranking dos certificados qual o que está na melhor posição, aliás a única positiva (se é que percebi).

    Mas estes exemplos que o CN e o CGP dão de bancos que só usam ouro e que só emprestam o que tem, são muito bonitos, mas no fim, tudo se resume a uma coisa – CONFIANÇA.

    Ou seja, eu tenho que acreditar que aquilo que eles apregoam é verdade e que efectivamente, o ouro está lá, e bem guardado.

    E por é que uns Índios lá no Midwest ou uns Ilhéus nas Ilhas do Canal me devem merecer mais confiança do que o Governo dos USA ?
    .

  3. CN

    Aparentemente existe confiança nos Bancos sabendo todos que o dinheiro nem sequer existe lá mesmo depositado.

    Outro aspecto da questão: para o ouro/prata (ou qualquer outro) serem os activos utilizados como meio de troca não é essencial o bom comportamento dos preços/etc. A qualidade principal é mesmo a estabilidade da sua quantidade total. O resto é consequência não a causa.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.