Desplodiu o 5 Dias? Venha o … jugular?

Acabadinho de chegar à Lusa Pátria, choque! tragédia! Não, não foi “o mundo tal como o conhecíamos” que acabou, mas o 5 Dias; como diria o Ondjaki, “desplodiu-se”.

Mas, afinal, alguém me explica o que aconteceu? Utilização excessiva de Galambite? Eu logo vi que tanta prelecção e filosofia, histórias sobre gays da Nazaré, e isso de comparar-me com o Ruca, só podia acabar mal. Sempre achei que o João Galamba, desde que na infância viu com intensidade emocional e grande envolvimento o episódio do Marco em que este reencontra a sua mamã, nunca mais ficou direito …

Dizem-me que, da “desplosão”, nasceu o … “Jugular” … que raio de nome … digo “jugular” (parece que é tudo em minúsculas) … bem que podiam ter escolhido um nome mais adequado, tipo, “Branca de Neve e os Sete Câncios”, ou “A vida são 2 dias, fora o Carnaval, que são 3, e o 5 Dias, que até era 7 vezes por semana”. Ora, estive a ler o Jugular, digo, o jugular, e dá para perceber que tudo continua na mesma, como a lesma. Gostei especialmente do post onde o Galamba demonstra a sua enorme capacidade de aplicar os conceitos do costume às situações mais improváveis; leiam esta bela dissertação sobre individualismo e Viagra:

E esse entendimento, tido como auto-evidente, diz que uma pessoa é essencialmente um corpo, algo imediato e totalmente individualizado; um corpo é um organismo fechado sobre si mesmo. Ele é uma realidade autónoma, que pode eventualmente relacionar-se com algo exterior, mas onde essas relações são vistas como contingentes, não afectando a identidade, a essência, do próprio corpo. Assistimos aqui a um dualismo essência/contingência, interior/exterior —que é herdeira do dualismo mente/corpo de Descartes— que orienta toda a nossa análise e que importa contestar, sob pena de reduzirmos o ser humano a uma espécie de organismo manipulável, passível de optimização técnica.

A cassete dá para tudo: contra o objectivismo, contra o liberalismos, e agora, contra a “medicalização do desejo”. Depois do niilismo e do pós-modernismo, chegamos à nova era, a da filosofia prêt à porter.

4 pensamentos sobre “Desplodiu o 5 Dias? Venha o … jugular?

  1. Raf,

    nem imaginas como tens razão…inconscientemente. A minha ‘filosofia’ dá para muita coisa mas não é cassete. é apenas o reconhecimento de que uma certa forma de entender o sujeito está na base de diferentes disciplinas modernas. ou que tanto hobbes—que está na base de todo liberalismo— como a psicologia moderna não são independentes da rev cientifica do sec xvii e da forma de conceber o sujeito que esta tornou possível. Achas que o ego da psicologia e o individuo do teu liberalismo são realidades independentes? olha que não é só aminha filosofia pret a porter. se perguntares ao papa ele dir-te-ia algo semelhante. e que tal procurares informar-te melhor (quem sabe se lendo alguma filosofia) antes de dispares a falar daquilo que revelas pouco ou nada entender.

  2. Eu, caro Galamba, de facto não percebo nada de filosofia- se percebesse (e não tivesse uma profissão absorvente) já tinha defendido a minha never-ending-tese – mas algumas pessoas que percebem da coisa, a que chamas filosofia – e que leram os teus textos – classificaram-nos de medianos, um bocadinho para o maus. Humildade, é coisa que te falta.

    Ab.
    RAF

  3. E, já agora, a “tua” filosofia é tão “interdependente” que podes usar as mesmas expressões a todas as manifestações do real? Deve ser por isso que te sentes tão à vontade para comentar, desde o Viagra, à crise financeira, ao “meu” liberalismo e do Rui a. Eu chamo a isso “cassete”, e alguma mediania (para ser simpático).

    PS: Se me conseguires uma audiência com o Papa, terei todo o gosto em discutir este e outros temas com ele.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.