Uma delícia…

este comentário do Filipe Moura ao artigo da Fernanda Câncio já aqui citado

(…)A minha tia avó morreu há oito anos. Pagava cerca de mil escudos de renda. Tinha uma reforma de trinta contos. Que renda é que queriam que ela pagasse?
A minha tia era salazarista, pois era (mas há muitos comunistas nesta situação). Neste caso tinha razão para gostar do Salazar. O Salazar fez muito bem em ter congelado o preço das rendas. Só foi pena o Vasco Gonçalves, anos mais tarde, ter nacionalizado muita coisa mas não ter nacionalizado a habitação.
É claro que há sempre a hipótese (tipicamente guterrante) de subsidiar as rendas dos mais desfavorecidos. Mas digam lá para que raio hei de estar eu a pagar com os meus impostos rendas que eram baixas, para benefício de alguém – o senhorio – que tem capital e que não faz absolutamente nada de produtivo ou que traga benefício à sociedade, limitando-se a alugar casas? Em que é que o aluguer de casas por privados desenvolve a economia, estimula o crescimento? Por isso eu tenho pena de o Vasco Gonçalves não ter nacionalizado a habitação – embora esteja longe de defender um Champalimaud ou um Mello, consigo ter mais respeito por estes senhores do que por um senhorio. E por isso, aos senhorios queixosos eu pergunto: e se vendessem as vossas casas, que não vos fazem falta nenhuma? As casas são (ou devem ser) um recurso finito, que não é para ser açambarcado. (…)

10 pensamentos sobre “Uma delícia…

  1. Que coisa brutal! Bem o Filipe Moura precisa de uns toques no que respeita ao funcionamento da economia. Não é só a terra que dá riqueza! Há uns anos descobriu-se que os serviços também estimulam muita coisinha (nem sempre os neuronios). Com o dinheiro das rendas, o proprietario consome bens ou investe nas proprias casas. Como é que estimula? Se consumir, estimula quem produz o que ele consome. Se investir, estimula, por exemplo, as empresas de materiais… Isto da economia é um bicho de sete cabeças…

  2. Pingback: cinco dias » Algumas “delícias” sobre esses parasitas chamados senhorios

  3. Tiago Moreira Ramalho.
    Pois. Parece que aqui em Pt só há nabos em economia. Nunca vi uma classe tão mal representada e ruim. Somos mesmo um povo de brandos costumes em plena era de consumismo. Prá fogueira com os economistas PT’s.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.