Mais uma decisão “chapa 5 suspensa”

O Tribunal Judicial de Viana do Castelo condenou hoje a cinco anos de prisão, com pena suspensa por igual período, um homem que tentou matar o proprietário de um café, após este lhe negar um copo de vinho.

(…)

Os factos remontam à noite de 05 de Setembro de 2006, quando o arguido se dirigiu a um café na Amorosa, freguesia de Chafé, Viana do Castelo, e pediu um copo de vinho, que o proprietário do estabelecimento lhe negou, por ele alegadamente apresentar sinais de embriaguez.

O arguido saiu e pouco depois voltou a entrar no café, munido de uma carabina carregada com dois cartuchos e transportando mais seis munições no bolso.

Apontou a caçadeira a uns 50 centímetros da cabeça do proprietário do café, mas este conseguiu desviar o cano, após o que se registou um disparo, cujos estilhaços atingiram uma outra pessoa que se encontrava no estabelecimento.

O tribunal deu como provada a intenção de matar e condenou o arguido a quatro anos e seis meses por homicídio qualificado na forma tentada, além de oito meses por ofensas à integridade da pessoa atingida e de cinco meses por posse de arma proibida.

Lusa (via Sapo).

Anúncios

2 pensamentos sobre “Mais uma decisão “chapa 5 suspensa”

  1. Falsos «analistas militares» a soldo do Pentágono

    Jon Stewart, do Daily Show, põe a nu a desinformação sobre o Iraque veiculada pelo Pentágono através dos «independentes» meios de comunicação americanos:

    Jon Stewart: Olhem para estas adoráveis e bondosas ex-máquinas de matar. Os canais contrataram-nos para dar opiniões de especialistas acerca do esforço bélico do nosso país.

    Especialista 1: Estamos a vencer a guerra contra o terrorismo.

    Especialista 2: Esta é a força mais bem preparada que já tivemos.

    Especialista 3: Esta é a melhor liderança que os militares já tiveram.

    Especialista 4: Quando pergunto a amigos meus de longa data do exército, que não vão mentir-me sobre como estamos a sair-nos e se estamos a ganhar ou a perder, eles dizem que estamos a ganhar.

    Jon Stewart: Pois parece que muitos destes ex-militares não eram assim tão «ex», trabalhando para empresas de armamento e do Pentágono. Enquanto os canais noticiosos lhes chamam «analistas militares», o Pentágono, em memorandos vindos a público há pouco tempo, referia-se a eles como «multiplicadores de mensagens».

    Vídeo legendado em português

  2. Miguel

    Era bonito fazer “outdoors” com estas decisões judiciais…
    Sempre animava a malta no transito…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.