Era mesmo o que a malta precisava agora

Movimento Esperança Portugal: Novo partido nasce em Portugal

«O Movimento Esperança Portugal descreve-se como abrangendo um espaço da social-democracia entre o PS e PSD»

O que malta precisava mesmo era mais um partido social-democrata. Faz lembrar os anúncios de detergente de roupa. O que será que este partido “social-democrata” tem para ser melhor que os outros? Powerball? Ingrediente X? Glutões? E será recomendado por 73 marcas de máquina? Fixe.

6 pensamentos sobre “Era mesmo o que a malta precisava agora

  1. fernando antolin

    A cada novo filiado será oferecido um serviço completo de panelas ou tachos em alumínio,além da gravação “Ai Timor…” do L.Represas.

    Oh Deus,mas até quando…

  2. ulaikamor

    Movimento Esperança Portugal… é impressão minha ou é de todo semelhante à mensagem de um dos candidatos democratas à casa branca?

    O próximo a aparecer será o Movimento Mudança Portugal.

  3. aseic

    Já tem o meu voto. Gosto do Dr. Rui Marques. Parece um homem íntegro. E preciso de esperança na integridade dos portugueses. Já vi, pelo que já fez, que é um homem que concretiza os projectos.
    E venham eles, os movimentos e partidos que me dêem horizontes de esperança.

  4. Filipe

    O senhor Rui Marques é tão próximo do senhor Pedro Silva Pereira, tão
    elogiadíssimo por ele e uma pessoa tão preocupado com o seu futuro (o do
    próprio Rui Marques), que vai ser difícil distinguir o partido MEP de um
    partido lançado por Sócrates e Pedro Silva Pereira.

    Esvazia-se alegre e guterristas e outros novos partidos que surjam “com
    intenções fracturantes na sociedade portuguesa”.

    O lema está lançado pelo senhor Rui Marques: “vamos ser um partido de
    construção e não de oposição”.

    Que melhor estratégia para um partido em risco de perder a maioria
    absoluta e ter de fazer uma coligação com outro partido após as eleições
    do que criar ele próprio esse partido com o qual se vai coligar?

    Seria uma coligação do partido de sócrates com o partido de silva pereira.
    Pode funcionar.

    Ideia peregrina? Junte-se algum humanismo, alguma esperança, e algumas
    outras anestesias, incluindo um catolicismo difuso e transversal, e temos
    um partido que pode oferecer aos portugueses um “bem estar difuso” para
    contrariar o “mal estar difuso” que tanto nos preocupa.

    Observemos o posicionamento em relação ao PS e, principalmente, em relação
    aos outros partidos que surgirem.

    Saudações

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.