Os candidatos não têm dono

Gostaria que o Daniel Oliveira, antes de tecer qualquer critica, não esquecesse quem é Andrew Sullivan. Longe vão os tempos em que os candidatos tinham dono. Sempre achei muita piada a quem, depois de dar tantos pinotes ideológicos, está sempre a apontar o dedo às presumíveis incoerências dos outros.

Tirando isto, é de ver que a dica do Daniel, a ser aplicada, é para abarcar todos. Inclusive o próprio.

5 pensamentos sobre “Os candidatos não têm dono

  1. Como disse voltarei ao debate. Claro que não esqueço quem é Andrew Sullivan, por isso disse que justificaria porque o apoiaria. Não vejo mal nenhum que apoiem Obama. Apenas anoto que ele teve posições opostas à de muita gente que agora o aplaude sem nunca chegar a debater isso mesmo.

    Quanto a mim, decidam-se: ou sou um faccioso radical ou sou um tipo que dá piruetas ideológicas. Não posso ter todos os defeitos ao mesmo tempo.

  2. lucklucky

    “faccioso radical ou sou um tipo que dá piruetas ideológicas”

    Faccioso radical com piruetas ideológicas para adoçar…que tal?

    Outra opcção: Faccioso Radical em Processo Renovador Em Curso. FR-PREC?

    🙂

  3. lucklucky

    Ena estava um smile . Apesar da sigla suspeita, processo renovador em curso quer dizer que ainda há esperança, uns sinais de uma certa influência do “Dark Side” 🙂

    Índios e Cowboys gosto dos dois lados…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.