Refeições indigestas (2)

O que são doenças de declaração obrigatória?

As doenças infecciosas podem constituir um perigo para a comunidade. Por isso, o médico, quando tem conhecimento da ocorrência de uma dessas doenças, designadas por doenças de declaração obrigatória, deve preencher o Boletim de Declaração Obrigatória. O objectivo é diminuir o risco de contágio dessas doenças.

(…)

Doenças de Declaração Obrigatória

  • Botulismo
  • Brucelose
  • (…)
  • Infecção por VIH
  • (…)

O que acontece quando o médico notifica a ocorrência de uma doença de declaração obrigatória?

É posto em acção, de imediato, um plano de controlo epidemiológico, a fim de reduzir os riscos de contágio na comunidade.

Em que consistem as medidas de controlo?

  • Declarar a doença ou infecção;
  • Isolar o doente ou infectado relativamente à via de transmissão e apenas durante o período de transmissão de cada infecção;
  • Vigiar clinicamente os contactos.

Portal da Saúde.

2 pensamentos sobre “Refeições indigestas (2)

  1. Isolar o doente ou infectado relativamente à via de transmissão e apenas durante o período de transmissão de cada infecção.

    Exacatamente por isto é que a medida do tribunal é absolutamente incompreensível e manifestamente discriminatória.

  2. João Luís Pinto

    Caro Pedro Morgado,

    A questão é que, por força da actividade profissional exercida, o risco de transmissão por via sanguínea não está excluído e permanecerá permanentemente durante o exercício dessa função, aliás no seguimento do que propunha no primeiro artigo da série.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.