O verdadeiro Che

O facínora herói afinal foi morto no Iraque pelos lacaios/máquinas de guerra imperialista de Bush, o que explica muita coisa:

-Bush é mau;

-Bush é mesmo pior do que todos julgavam;

-Daniel Oliveira tem A razão: os fássistas “querem atacar o símbolo e não repor a verdade”.

Assim sendo, não me resta mais senão apresentar a fotografia que tudo prova :

che_turban_anniversary.gif

Leitura adicional: Aleida Guevara e o Irão.

Anúncios

0 pensamentos sobre “O verdadeiro Che

  1. Caro Rui,

    Não parece ser esse o teor do artigo:

    “After Aleida Guevara protested from the podium against perceived distortions of her father’s ideology by the first Iranian speaker, Haj Saeed Ghasemi, the four-day ‘Che Like Chamran’ conference, that started Sep. 25, was aborted and the Latin American guests whisked away.

    ‘Che Like Chamran’, the title of the conference, was chosen for the alliteration in the names of the two revolutionaries and because both Che and the Iranian, Mostafa Chamran, fought alongside revolutionaries in other countries. But the similarities end there, no matter what the organisers intended to promote.”

    Atracção pelo Islão militante é mais provável entre algumas franjas da esquerda pós-marxista ou pós-moderna, ou que mias lhe queira chamar, mas não entre os marxistas.
    Também não podemos esquecer que a direita ultramontana olha com simpatia para o fenómeno do islamismo, pq este volta pôr a Religião no centro do debate político, em afronta ao secularismo/laicismo; vide por exemplo o colunista João César das Neves.

  2. Miles

    O Che não ter actuado no deserto foi de facto uma falha.Grave.E não se ter lembrado do estudo do corão…

  3. Julgo extremamente infeliz este joguinho que faz certa “direita” de falar do Islão como sinónimo de radicalismo e terrorismo; é um jogo que os seus supostos adversários radicais “islâmicos” certamente agradecem. É também mais fácil “arrumar” assim o Islão, faz-nos reflectir menos e nós andamos todos muito cansados…

  4. Julgo não caber nem na esquerdalha modernaça nem na direita “transmontana”. A fotografia é uma boa caricatura de quem respeita os valores “civilizacionais” diferentes dos seus.

    De resto, a leitura adicional é isso mesmo, adicional. E tem um registo um pouco diferente do verdadeiro Che. É um pouco mais sério.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.