Odeio quando esquerdistas têm razão

Ainda bem que não a tem com freqüência.

Mas um texto de 6 de agosto do New York Times sobre a aquisição do Wall Street Journal por Rubert Murdoch levanta uma questão interessante.

A página de opinião do WSJ sempre foi independente e sempre foi claramente liberal (mas não liberal no sentido americano). Sempre atacou, por exemplo, o governo chinês. Mas Rupert Murdoch sempre soube, digamos, adaptar-se às tiranias. E no contrato de compra do WSJ, os editores incluíram uma cláusula que não permite a Murdoch interferir minimamente na página de opinião, sob o risco de enfrentar um processo.

Então, como é que é? O WSJ agora vai continuar defendendo a liberdade e a propriedade, mas vai processar seu dono se este tentar utilizar o jornal da maneira que bem entender?

Claro que se pode dizer que Murdoch assinou o contrato porque quis. Certamente ninguém o coagiu. Mas é muito estranho ver um liberal incluindo este tipo de cláusula…

2 pensamentos sobre “Odeio quando esquerdistas têm razão

  1. É! É sempre bom termos qualquer coisa relativamente à qual nos possamos insurgir. Isto vai ficar atolado de “postas” quando se descobrir que o tal Murdoch vem para “trinco”. Só assim somos grandes, sem este comentário atento sobre o tal Murdoch iríamos definhar. Amanhã já sei como calar os especialistas lá do tasco: pessoal, já leram o New York Times? Não? Inconsequentes!

  2. 1. Murdoch bem se pode dar ao luxo de não interferir nas páginas de opinião. A estratégia dele sempre foi outra, a de desvirtuar e manipular as noticias.

    2. Defender a liberdade e a propriedade não é incompatível com a defesa de outros valores. E a ordem natural das coisas é que os valores conflituem. Se nunca conflituassem, podiam ser todos absolutos. Como os conflitos de valores existem, pode ser necessário, em casos concretos, que uns prevaleçam sobre outros. No caso de um jornal, se a liberdade do dono e o seu direito de propriedade tiverem por vezes que ceder a outros valores, não vem daí mal nenhum ao mundo. Viria mal ao mundo, sim, se esses direitos fossem vistos como absolutos e utilizados pra justificar que se dê a um jormalista ordem de mentir.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.