Vergonha

António Costa interrompe o discurso de Helena Roseta, repetindo a falta de vergonha do PS nas eleições de 2005 presidenciais, quando interromperam Marques Mendes Manuel Alegre. Demonstra a falta de respeito pelos concorrentes, uma falta de respeito pela democracia. É a esta gente que estamos entregues. À gente mais vergonhosa que já pude ver na cena política portuguesa. Com gente assim, é normal que a abstenção suplante os 60%. Nada que incomode Costa e os seus apoiantes. Mas quem traz velhinhos de Cabeceiras de Basto, Arouca, e Cascos de Rolha, alguns que nem sequer sabiam ao que iam (o jornalista da SIC teve de explicar a uma senhora que era a sede de campanha de Costa), para aplaudir o candidato vencedor não se deixa incomodar por insignificâncias como a dignidade e a mais básica educação.

P.S.: Carmona, outra figura da mais elevada fineza, interrompe Costa. Estão bem um para o outro, e poderão então partir para a coligação que se está a cozinhar. Os senhores do PS que passaram anos a criticar Carmona vão agora dar-lhe o “abraço” que Pedro Feist (da lista de Carmona) já havia enviado a Costa. Contribuirão ainda mais para o descrédito da classe política. Pior que isto era difícil.

Anúncios

7 pensamentos sobre “Vergonha

  1. -Vergonhoso mesmo foi ver na sede de candidatura os Lisboetas de Famalicão e Alandroal! Se forem funcionários públicos lá nas autarquias já começaram a ganhar pontos positivos nas avaliações de desempenho!

  2. Visto isto, não admira que os independentes façam tanta mossa aos partidos. E admira ainda menos que, desde cedo, os carneiros dos rebanhos partidários locais se degladiem em pavlovianas dissertações sobre quem recusa a militância doentia e não prescinde de pensar enquanto espera que os líderes da manada se pronunciem.

    O certo é que com 57.907 votos em 524.248 eleitores se fez uma grande festança. A silly season costuma começar a 1 de Agosto. Estas eleições de Lisboa anteciparam-nos o deleite.

    http://avenidacentral.blogspot.com/2007/07/momento-da-noite.html

  3. Pingback: blogue atlântico » Blog Archive » Intercalares na Atlântico

  4. marta

    O conceito “conferências de imprensa marcadas para a mesma hora” diz-vos alguma coisa?! Essa dos velhinhos é nova… Tem graça, eu estive por lá e não vi ninguém que não soubesse muito bem ao que ia. Os idosos – velhinha é a mãe – que lá estavam gritavam mais que os jovens.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.