A pobreza das Nações Unidas

Na visão da ONU, portanto, a erradicação da pobreza depende, quase unicamente, da caridade. É uma perspectiva útil. Sobretudo porque fomenta os projectos e “investimentos” da praxe e, de caminho, evita referir um pormenor aborrecido: os países e as regiões em que a pobreza tem diminuído coincidem exactamente com os países e as regiões que, no período a que o relatório respeita, tendencialmente preferiram a iniciativa privada e a concorrência, a liberalização da economia e a abertura aos mercados externos. Por outro lado, a desgraça persiste ou agravou-se nos lugares submetidos ao proteccionismo, às nacionalizações, ao planeamento estatal e, para cúmulo, à esmola. A ajuda, os apoios e os “técnicos internacionais” são factores fortuitos, e frequentemente prejudiciais. O elemento comum aos casos de sucesso é a globalização, que após as contas aos “mas” e aos “ses”, aumenta a riqueza para lá das considerações equitativas, tornando os ricos mais ricos e os pobres menos pobres. Dito de maneira que até Tarzan, esse cooperante pioneiro, perceberia: globalização, bom; não globalização, mau.

Lá para o final, o mencionado relatório reconhece equívoca e discretamente esta evidência. Não pode é divulgá-la com leviandade, ou os leigos acabariam sem objecções ao capitalismo selvagem e os especialistas da ONU sem emprego.

Alberto Gonçalves, na coluna de opinião Dias Contados no Diário de Notícias.

0 pensamentos sobre “A pobreza das Nações Unidas

  1. samuel

    acho que o Tarzam por vezes também acrescentava “Alberto, estúpido”.
    más influências da cheeta, certamente…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.