Leitura recomendada

O Líbano de novo a ferro e fogo. Beirute, que se apoiara no Partido de Deus, deixou de confiar em tão seráficas companhias e mendigou uma ponte aérea de emergência aos nefandos norte-americanos, agora salvadores in extremis da periclitante situação em que se encontram as forças governamentais. Os confrontos no norte espalharam-se um pouco por todo o país e só a intervenção da força aérea israelita poderia circunscrever e debelar os focos de levantamento armado palestiniano. Sim, a culpa deve ser dos sionistas, pois os rapazes da Fathaa nunca criaram problemas, como também os governo sírio – de passado impoluto em matéria de acicate de violência fora de fronteiras – e iraniano, conhecido pela moderação com que instrui os seus agentes no Afeganistão e no Iraque. Ontem como hoje, o diapasão dos entusiastas das conspirações falha no alvo: nomeia Israel e não quer ver quem são os financiadores da subversão.

No excelente Combustões.

Anúncios

0 pensamentos sobre “Leitura recomendada

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.