Devia levar uma daquelas com o pacifista Che Guevara?

Escreve o José Medeiros Ferreira nos Bichos Carpinteiros:

Cada povo com seu uso, cada porca com seu fuso. Mas faz impressão ver um líder a quem atribuiram o Prémio Nobel da Paz ir votar, na sua própria eleição, com uma t-shirt estampada com o Sagrado Coração de Jesus. Não deve haver muitas fora de Timor.

12 pensamentos sobre “Devia levar uma daquelas com o pacifista Che Guevara?

  1. Isso é coisa da Obra, só pode… eles andam em todo o lado… E para além da t-shirt, será que ele não ia a coxear?

  2. Cristina Ribeiro

    E ele “atreveu-se”a isso?Um abaixo assinado para lhe retirarem o Prémio,já!Que topete…

  3. Eu quero aproveitar este fórum para propor um referendo sobre a Lei de separação entre a Igreja e as T-Shirts.

    E, já agora, é preciso proibir a utilização dessas T-Shirts em espaços públicos (restaurantes, etc…). “Fazem impressão” a quem as vê.

    T-Shirts com motivos religiosos só deviam poder ser usadas em casa e viradas do avesso.

    Disse.

  4. “E já agora quero protestar contra o facto de ser obrigatório preencher os boletins de voto com uma cruz”

    É verdade: quantos ateus seculares progressistas não se sentirão inibidos com esse acto de opressão?

  5. Eu acho que se devia subsitituir expressões de religiosidade arcaica como “Ai, Jesus!” por outras maislaicas e republicanas e modernistas como “Ai, Afonso Costa!”

  6. Pingback: O Insurgente » Blog Archive » E agora, um post à Pedro Arroja

  7. http://noticiasmentirosas.blogspot.com Novembro 22, 2006:

    “Numa iniciativa única no mundo, o Bloco de Esquerda pretende apresentar uma moção na Assembleia da Republica que visa acabar com as cruzes nas igrejas. A proposta do BE vai no sentido de acabar com aquilo a que chamam “simbologia religiosa em espaços religiosos ou de carácter religioso”.

    “É uma prática secular da igreja que, num mundo moderno e tolerante, é vergonhosa e tem de ser banida. Uma pessoa entra numa igreja e a primeira coisa com que se depara é com uma cruz. A igreja é um espaço que não proíbe a entrada a ninguém, no entanto, limita-a com este tipo de artefactos” disse Ana Drago ao nosso site.

    Outros pontos da proposta são a proibição do uso do branco nas vestes católicas, e a proibição da hóstia e da água benta, por serem considerados pelo BE como “publicidade enganosa”.

    Soubemos ainda que na proposta inicial estava prevista a proibição de discursos nas homilias por serem demasiados subjectivos e assentes na Bíblia, livro duvidoso segundo os responsáveis do Bloco. Este ponto terá sido removido por razões ainda não apuradas.”

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.