A importância da memória (4)

Merece este homem a promoção a Coronel? Por Manuel Castelo-Branco.

Este homem, Otelo Saraiva de Carvalho foi julgado e condenado em tribunal pelo seu papel na liderança das FP-25 de Abril, responsáveis pelo assassinato de 17 pessoas nos anos 80. Entre eles, vitimas inocentes como cidadãos anónimos, agentes das forças de segurança e da policia judiciária, um bebé recém-nascido e um alto funcionário do estado.

Este homem nos anos pós revolucionários assinava mandatos de captura em branco e ameaçava fuzilar “os fascistas no campo pequeno”

Advertisements

0 thoughts on “A importância da memória (4)

  1. patricialanca

    “Pas d’ennemis à gauche”. A velha tradição de não haver inimigos à esquerda contínua a funcionar. Então Cunhal, apologista pela pior tirania da história, não contínua a ser idolotrado (o concurso!)? Quando se cometem os piores crimes, o que importa é se o criminoso é motivada pelo “idealismo” que justifica tudo. Infelizmente muitos portugueses pensam assim. Otelo, ao fim de contas, queria ser o Fidel Castro da Europa.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s