Rosa choque

Artigo de Ricardo Costa no Diário Económico.

O principal defeito de Pina Moura é não pensar antes de dar resposta aos convites que lhe dirigem. Foi isso que o fez cair em desgraça na política: aceitou ser ministro das Finanças e da Economia ao mesmo tempo e deixou de ser levado a sério; aceitou ser presidente da Iberdrola quando tinha sido ministro da Economia (e condicionado a EDP) e passou a ser olhado de forma suspeita; resolveu ficar sentado no Parlamento, onde não fazia nenhum, e deixou que as suspeitas crescessem. E agora aceitou ser presidente da Media Capital, o grupo de comunicação social com maior capitalização bolsista, dono de uma das duas licenças de televisão hertziana, numa altura em que o Governo é acusado de tentar controlar a comunicação social e quando está (mesmo) a criar um quadro legislativo e normativo que deixaria Estaline tranquilo.

Tudo isto acontece a convite da PRISA, o maior grupo de comunicação social da Península Ibérica, que tem uma relação com o PSOE muito perigosa, que no Governo Durão Barroso não conseguiu comprar a Lusomundo (três jornais, uma rádio e mais uns trocos) mas que no Governo Sócrates comprou uma das duas televisões e um ‘portfolio’ de rádios sem que o PS pestanejasse.

Nem falo de José Lemos, que é do PS há mais tempo que Pina Moura, que foi duas vezes eleito deputado do PS, e que o acompanha para a administração depois de uma trapalhada gravíssima no CBI e na Caixa de Crédito Agrícola. Nem preciso de dizer que o homem forte da Prisa em Portugal, Miguel Gíl, foi secretário de Estado da Presidência de Felipe González e era o seu braço-direito durante muitos anos.

0 pensamentos sobre “Rosa choque

  1. António Silva

    A análise de Ricardo Costa levanta outras questões que merecem análise.
    1) Porque é que a situação de Pina Moura difere da de Balsemão?
    2) Sendo a TVI privada o que é que um liberal tem a opôr a que o CA da TVI escolha quem bem entender para a dirigir?
    3) Do ponto de vista de um liberal, deverá o Estado intervir (inclusivamente para evitar que a TVI caia em “mãos estrangeiras”)?
    4) O que pensa quem defende a privatização da RTP da possibilidade (meramente teórica) de todas as televisões (depois privadas) serem geridas por (ex-)políticos, ou seja, de ficarem conotadas com determinados partidos políticos?

  2. Sem Anestesia

    Deixem-me só aproveitar o tema para fazer uma questão.
    Isto da ERC, tem poderes exactamente para quê?
    Digamos que eu, em casa, no meu PC e na minha impressora decido imprimir um folheto informativo, o qual distribuo pela minha terrinha.
    A ERC poderia agir contra mim, caso acha-se que eu me desviava dos cânones estabelecidos?
    Não digo de uma forma directa, que é demasiado ostensiva: digamos que me circunda com processos e mais processos (a coisa tem que ser ardilosa).
    Não temos nada que se compare a *isto*: http://en.wikipedia.org/wiki/First_Amendment_to_the_United_States_Constitution ?
    Ou é de eu ver muitos filmes, ou de ler muitos blogues, mas *aquilo* costuma ser muito poderoso…

  3. lucklucky

    Balsemão construiu a sua
    propria empresa. Não tenho nada contra contra este caso porque eu também considero o Jornalismo na maior parte dos casos como um lobby político mascarado de serviço de informação para o publico, basta ver a RTP.

    E como eu não sou só liberal:
    O problema não são as mãos estrangeiras são as mãos espanholas
    ou concentração em certas mãos. É um problema que se vai colocar no futuro principalmente para os pequenos países.

    Note-se que eu só defendo isto devido ás dimensões e promiscuidades do Estado Português.

    Só vem dar mais propriedade ao take over aceite por Sócrates: Quem ainda se lembra de “Espanha,Espanha,Espanha” ?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.