Antes que seja tarde

No Público há dois dias

O estudo, da autoria de Carlos Farinha Rodrigues, professor do Instituto Superior de Economia e Gestão, conclui que Portugal continua a ser o país da União Europeia com maiores níveis de desigualdade (41 por cento contra os 31 por cento da média comunitária a 25) e maiores níveis de pobreza.

Intitulado “distribuição do rendimento, desigualdade e pobreza em Portugal”, o estudo indica que a taxa de pobreza é em Portugal superior à média europeia quando se contabiliza o efeito das transferências sociais (20 contra 16 por cento).

Antes de distribuídos os apoios sociais, a taxa de pobreza em Portugal é praticamente idêntica à média europeia (42 contra 43 por cento) o que, segundo o autor do estudo realça a “ineficiência” das políticas sociais de inclusão.

Sobre o assunto que esmagou o Professor Daniel Bessa e mobiliza o esforço do Presidente da República, leia-se o terceiro parágrafo acima e a ser verdadeiro revela exactamente o que?
Entre as razões que explicam o problema destacaria duas:
Em Portugal um engenheiro é um engenheiro é um engenheiro e um trabalhador de um quiosque é…parece não merecer a palha que come;
Os destinatários preferenciais dos 48% do PIB que nos é espoliado pelo Estado, não são os pobres. Quem são então?

0 pensamentos sobre “Antes que seja tarde

  1. Rui Laranjeiro

    A VOSSA SONDAGEM SÓ PODERÁ
    TER SAIDO DE UMA CABEÇA(?)
    INGENTE DE MERDA
    DE FACIOSO LUSTRO

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.