Um caso complicado (2)

hospicio029.jpgNos comentários ao post que aqui comentei, o insurgente RAF perguntou oportunamente:

Pergunto-me onde o André Azevedo Alves escreveu algo que permita ao Filipe Moura inferir que é a favor dos juramentos religiosos. E, já agora, fazendo parte do Insurgente, porque razão acha que um blogue com inúmeros elementos, se confunde com o André?
Começo a achar que a fixação do Filipe Moura pelo AAA tem requintes do foro sentimental…

o que originou esta notável resposta do FM:

RAF, o André Azevedo Alves é o melhor representante desta direita na blogosfera portuguesa. É a Ann Coulter da blogosfera portuguesa, para não dizer o Salazar.

Leitura complementar sobre a relação intensa do Filipe Moura com O Insurgente: Comunistas com carapaça de democratas; O grave caso do tradutor sem “bases científicas”; Incómodos compreensíveis; Mais alguém nota aqui um padrão?; Objectivo alcançado?; Feeding the trolls; Um caso complicado.

Anúncios

0 thoughts on “Um caso complicado (2)

  1. António Bastos

    Caro André,
    Deixe-os latir e contine a sua cruzada anti-socialista. A gangrena da ideologia entope-lhes os neurónios. Só um mentecapto poderia inferir que estava a fazer a apologia dos juramentos religiosos. Bando de laicistas! É por causa desses laicismos fanáticos que tivemos o fenómeno totalitário do sec. XX, isto é, o socialismo na sua vertente nacionalista (vulgo nacional socialismo) ou na sua vertente internacionalista (vulgo comunismo).Mas isso essses burros jamais compreenderão porque isso implicaria cometerem um suicídio político.

  2. Não percebo onde está o seu abespinhamento. Estou a compará-lo com uma das suas referências intelectuais e com o seu “melhor português de sempre”. Julguei que tomasse como um elogio.

  3. Ah, e eu nunca afirmei explicitamente que o AAA defendia os julgamentos religiosos. Agora está sempre a citar as personalidades que apontei no meu comentário, e essas personalidades defendem-nos (ou teriam defendido). São apologistas respectivamente de uma América cristã e de um Portugal católico. Como o AAA.

  4. Pingback: O Insurgente » Blog Archive » Mais uma…

  5. Pingback: O Insurgente » Blog Archive » Um bom insurgentologista está sempre atento

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s