Compreender o putinismo XXVI

VP2

Já se sabia que ao serviço da Santa Mãe Rússia há soldados que não existem. Parece que passou a ser crime falar, escrever ou apenas procurar pelos soldados mortos ou feridos em gloriosos tempos de paz e prosperidade.

Russia has made it a crime to speak, write or broadcast about Russian troop losses in peacetime and about people co-operating with Russian foreign intelligence, in what critics said was a Kremlin attempt to stop all information about Moscow’s involvement in the war in Ukraine.

President Vladimir Putin signed a decree on Thursday spelling out more than 20 additions to Russia’s state secrets law, including “information which reveals personnel losses in times of war and in peace time while a special operation is being conducted”. The new censorship rules mean families of Russian soldiers killed fighting in Ukraine or activists researching Moscow’s clandestine campaign risk prison sentences of up to eight years.

“It appears that the position of just denying there are Russian soldiers fighting in Ukraine cannot last any longer,” said Kirill Koroteev, a lawyer with Memorial, the human rights group.

Earlier this month, associates of the murdered opposition politician Boris Nemtsov published adamning report that said at least 220 active Russian soldiers had died fighting in Ukraine.

Days before he was shot in central Moscow in February, Nemtsov said he intended to enlighten the Russian people, starting with families of military and security officials, that Mr Putin was dragging the country into war.

“Now people will go to prison for searching for data about our fallen soldiers,” Ilya Yashin, one of Nemtsov’s closest associates and co-author of the report, wrote on Twitter.

Olga Romanova, a journalist and rights activist, wrote on her Facebook page: “These things mean that a blogger will be criminally prosecuted for writing about a young widow . . . crying after she received a coffin from Donbass.”

Technically, Russia’s state secrets law only covers certain institutions or persons. But legal experts said the new rules could easily be applied more broadly to silence families of Russian soldiers killed in Ukraine, activists distributing or publicly discussing such information and all media reports about Russian involvement in the war.

Compreender o putinismo XXV

VP

A oposição ao Deus-no-Céu-Putin-no-Kremlin faz mal à saúde.

The wife of a prominent Russian opposition activist who mysteriously fell ill in Moscow this week is seeking his evacuation to Europe or Israel for toxicology tests, saying his condition has not improved.

Vladimir Kara-Murza Jr., a former political ally of slain Russian opposition leader Boris Nemtsov, lost consciousness in Moscow on May 26 and was hospitalized with what his wife calls “symptoms of poisoning.”

“His condition has not improved since; he has not regained consciousness,” his wife, Yevgenia, said in an e-mail to RFE/RL and other media outlets.

She said the hemodialysis he underwent to treat kidney failure “has not had any effect” and asked that he be evacuated by plane from Russia “to a medical center in Europe or Israel where full toxicology testing and treatment can be done.”

Adenda: Os reptilianos querem minar Blatter.

Russian President Vladimir Putin has said the US could be selfishly motivated for its own gain, as was the case with Edward Snowden and Julian Assange.

“Unfortunately our American partners are using these methods in order to achieve their own selfish gains and it is illegal to persecute people. I would not rule out that in regards to FIFA, the same thing could be happening, though I do not know how it will end,” he said.

“However, the fact that this is happening right on the eve of the FIFA presidential elections, gives one this exact impression.”

Putin added this is an obvious attempt to expand Washington’s jurisdiction in other countries.

“This is yet one more attempt to try and impose their law against other states. I am absolutely sure that this is an attempt to try and stop Blatter from being re-elected as FIFA president, which is a grave breach of the principles of a functioning international organization.”

 

Uma pequena notícia que corresponde a um enorme avanço

Nicolás Maduro a olhar para as coisas do progresso.

Nicolás Maduro a olhar para as coisas do progresso.

Na Venezuela, o camarada Haiman El Troudi assume a Vice-Presidência do Socialismo Territorial. A  ofensiva progressista é imparável.

El presidente Nicolás Maduro, informó que Elias Jaua deja el ministerio de las Comunas para asumir nuevas responsabilidades con el pueblo.

“Vamos Elias desde la profundidad del Pueblo, como siempre, como nos enseño nuestro Maestro-Padre, construyendo Victorias”, escribió.

En este sentido, anunció que la compañera profesora Rosangela Orozco asume la conducción del Ministerio de Comunas y Mov.Sociales.

Asimismo, en otro tweets también mencionó que la labor que venia ejerciendo Elia Jaua, en la Vicepresidencia del Socialismo Territorial la asumirá Haiman El Troudi “para mantener la Ofensiva”, puntualizó.

Gurbanguly Berdymukhamedov

Foto: Alexander Vershinin/AP

Foto: Alexander Vershinin/AP

Um nome, um líder, uma obra a reter.

Gurbanguly Berdymukhamedov gallops ahead in race to construct a cult of personality bigger than his predecessor’s, the late dictator Saparmurat Niyazov

Turkmenistan’s equestrian-mad leader has been honoured with a huge monument in the capital city, featuring his likeness atop a golden horse.  Cast in bronze and covered in 24-carat gold leaf, the statue of Gurbanguly Berdymukhamedov soars over 20 metres from the ground and is perched on an outcrop of white marble cliff.  Berdymukhamedov, who has run the country since 2006 and is accused of presiding over one of the most pervasive personality cults in the world, is widely known as Arkadag, or the patron.

 

Pela marcha patriótica do aumento da produção socialista

Maduro

O governo bolivariano expande a planificação socialista em todas as empresas do estado. Um sonho tornado realidade, graças ao superior empenho do camarada/presidente Maduro.

Google, Twitter e Facebook em russo

logos

É do interesse universal que parem de violar a censura as leis russas. A santa mãe Rússia deu-se ao trabalho de os avisar, antes do envio dos “homens verdes”.

Adenda: Pavel Durov explica o processo de “nacionalização” da sua empresa.

George Galloway à fartazana

Galloway numa animada actividade da organização de caridade Viva Palestina

Galloway numa animada actividade da organização de caridade Viva Palestina

George Galloway referred to police by MP expenses watchdog after complaint by former PA

George Galloway’s use of parliamentary funds has been referred to the police by an expenses watchdog following a complaint by his former assistant.

The Independent Parliamentary Standards Authority (Ipsa), which oversees MPs’ business costs and their use of public money, has investigated claims made by Aisha Ali-Khan.

She had lodged an official complaint alleging that while she worked for Mr Galloway, she spent a large amount of time on non-parliamentary duties including underwear shopping, making preparations for his wedding and helping the Viva Palestina charity.

Outros mares de imigrantes II

38 Cuban migrants intercepted last month as they tried to reach America are STILL stranded on Coast Guard cutter as Cuba refuses their re-entry.

 

Primavera no Egipto…

Ex-presidente Mohamed Morsi condenado à morte no Egito

O antigo presidente egípcio, Mohamed Morsi e cerca de uma centena de membros da Irmandade Muçulmana foram condenados à pena de morte este sábado por um tribunal egípcio. Em causa estão crimes de espionagem e de evasão, durante a revolta de 2011 que aconteceu no contexto da Primavera Árabe.

A fúria iconoclasta do fanatismo laicista e do fanatismo religioso

Bye bye Cristo-Rei! Por P. Gonçalo Portocarrero de Almada.

Esta fúria iconoclasta não é nova, nem exclusiva do laicismo francês. É velha como o fanatismo, religioso ou ateu, de todos os tempos e eras. Também os talibãs e os guerrilheiros do dito Estado Islâmico pensam e agem do mesmo modo: por este motivo já destruíram inúmeros monumentos históricos e tesouros religiosos de incalculável valor. Pelo contrário, a Igreja católica, embora também tenha tido, mais por excepção do que por regra, atitudes desta natureza, colocou no centro da emblemática praça de São Pedro, em Roma, um obelisco egípcio, como pedestal da cruz de Cristo. Também muitos papas, autênticos mecenas da cultura, coleccionaram obras de arte pagã, que ainda hoje se podem contemplar nos museus vaticanos.

O laicismo está para a laicidade como o fundamentalismo está para as religiões: em ambos os casos mais não são do que perversões autoritárias e tirânicas, sob a aparência, respectivamente, do respeito pela liberdade e, até, de Deus.

Continuar a ler

Outros mares de imigrantes

Emigrantes de Rohingya. Foto: Christophe Archambault/Agence France-Presse — Getty Images

Emigrantes Rohingya. Foto: Christophe Archambault/Agence France-Presse — Getty Images

A avaliar pelas reportagens a Malásia e a Indonésia estarão a planear uma resposta, um sistema de quotas para acolher os imigrantes.

Podemos de droga em droga

Em Espanha, o Podemos pretende acabar  de vez com a “intoxicação neoliberal“, através  da criação de “escolas de espectadores” com o objectivo de formar bons e “novos públicos”.

A nível externo, segundo reza um relatório militar boliviano, o partido progressista espanhol foi financiado por Hugo Chávez. Para apimentar a relação ibero-americana, a união ideológica estendia-se igualmente ao tráfico de droga, funcionando o Podemos como o braço amigo do tráfico venezuelano.

epa04490774 Leader of Spanish Podemos party, Pablo Iglesias (C), reacts following his election as the party's Secretary General during the closing ceremony of the constituent assembly in Madrid, Spain, 15 November 2014. It was announced during the assembly that Pablo Iglesias would become the left leaning Spanish Podemos party's first Secretary General after he and his team won by a large majority of votes in the online election which took place between 10 to 15 November.  EPA/CHEMA MOYA

Imagem: EPA/CHEMA MOYA

Soares, sempre fixe

soaresfixe

Na mais recente coluna de opinião no DN, o “pai da democracia” passa pelo Nicolau Santos – o homem que trouxe às luzes da ribalta o Professor Baptista -, assinala o Dia da Europa apelando à eterna esperança para que possam ser ultrapassados “os partidos ditos liberais e os mercados usurários que tanto têm desgraçado a Europa”, relembra ao mundo que David Cameron não só é um isolacionista como tem manifestamente poucos amigos e ainda tem espaço para elogiar o Papa Francisco e exigir um pedido de desculpas pela detenção do 44.

José Sócrates continua na prisão, desde há quase seis meses, sem ter sido acusado e julgado.

O juiz Carlos Alexandre foi o principal responsável pela sua prisão no convencimento, julgo eu, de que estava a fazer um grande serviço. A verdade é que, até hoje, não se conseguiu apurar qualquer motivo que justifique essa prisão. Nem sequer foi ouvido.

O juiz Carlos Alexandre e o procurador Rosário Teixeira tentaram encontrar um motivo para que fosse julgado por qualquer ato que tenha praticado. Nunca o conseguiram. Daí que qualquer pessoa lúcida reconheça que deve ser posto em liberdade quanto antes e com os devidos pedidos de desculpa.

Talvez por isso Carlos Alexandre esteja agora tão crítico em relação ao que ele diz que lhe tem vindo a suceder, sem saber porquê. Diz que está a ser maltratado por gente que desconhece. E começa a estar um pouco nervoso na sua vaidade. O melhor para todos seria que libertasse quanto antes José Sócrates e lhe apresentasse as devidas desculpas.

Descoberta a mão invisível divina

Fonte: Wikipedia

Fonte: Wikipedia

Saudi Arabia’s oil minister Ali al-Naimi: ‘Only Allah can set the price of oil’

Saudi Arabia’s oil minister has turned to divinity over the issue of slumping prices in oil, claiming that “it’s up to Allah”.

Speaking to CNBC, oil minister Ali al-Naimi said that “no one can set the price of oil – it’s up to Allah”.

Saudi Arabia is the world’s biggest producer of oil and, while oil prices have been staying low on the market, the country has decided to increase its production of the substance rather than cut it.

Sanctions currently placed on Iran could soon be lifted as part of international nuclear negotiations, which would mean the country’s crude oil would come back on to the market and cause prices to plunge further.

 

Descoberto mais um inédito do “pai da democracia”

soares1

Os discursos de Passos Coelho, a ajuizada opinião sénior de Mário Soares.

O mundo está perigoso e extremamente difícil. Como antes talvez nunca tenha acontecido. No plano da natureza, com os tufões, os tremores de terra, os incêndios e a queda violenta das águas, como voltou a acontecer no Chile. Mas não só.

As guerras desenvolvem-se em vários continentes com o fundamento em divergências entre as religiões. No Oriente, os muçulmanos não deixam de fazer estragos, e Israel, sob a direção do ditador insuportável e perigoso, Benjamin Netanyahu, radicaliza posições. (…)

É necessário e urgente que os geólogos e outros cientistas intervenham, impondo-se também o apoio dos políticos e dos governantes que queiram defender a Terra contra os mercados usurários.

É preciso combater os efeitos decorrentes das ações agressivas contra a natureza que favorecem fenómenos como o que ocorreu no Nepal, onde morreram até hoje cerca de sete mil pessoas, afetando mais de oito milhões de pessoas. (…)

Fashion victims no Irão

Graças a Deus, os homens criaram a regulação dos cortes de cabelo.

Jagged haircuts have become fashionable among all strata of Iran’s youthful population in recent years, but have divided opinion and been deemed by the authorities as western and un-Islamic.

“Devil worshipping hairstyles are now forbidden,” said Mostafa Govahi, the head of Iran’s Barbers Union, cited by the ISNA news agency.

“Any shop that cuts hair in the devil worshipping style will be harshly dealt with and their licence revoked,” he said, noting that if a business cut hair in such a style this will “violate the Islamic system’s regulations”.

As well as tattoos being banned, solarium treatments and the plucking of eyebrows – another rising trend among young Iranian males – will not be tolerated, the report said.

Mr Govahi blamed unauthorised barbers for offering the spiky hairstyles and other treatments.

“Usually the barber shops who do this do not have a licence. They have been identified and will be dealt with,” he said.

O diabo não está nos outros: está em nós

Carlos Amaral Dias, psiquiatra e professor, pai de Joana Amaral Dias, à revista Sábado (via Blasfémias: Da sociedade que pensa a sociedade):

Ser violada por um padrasto já é muito mau. Só faltava ter um filho da relação. Seria quase como o filme do Polanski, A Semente do Diabo. Era só o que faltava. Não vejo outra opção a não ser terminar a gravidez. E falo não apenas como psiquiatra, mas como cidadão. Ter este filho fere de tal maneira os nossos valores simbólicos que não poderíamos viver enquanto sociedade com essa decisão. Seria pactuar com um crime. Ter este filho do diabo seria a continuação de um traumatismo. Mesmo que ela tenha a fantasia, muito comum em pré-adolescentes e adolescentes, de querer ser mãe, o melhor é tirá-la da cabeça. [Essa fantasia] tem que ser vista como uma prova de imaturidade, de não ter capacidade para perceber o que lhe está a acontecer.

Continuar a ler

dia particularmente problemático para as cabecinhas da esquerda

Sample-Sale charlotte olympiaAlgumas vezes ocorre-me ser assaltada pela desconfiança de que ser de esquerda implica alguma deficiência cognitiva (ou, em alternativa, hipocrisia grossa). É que se acho normal – e, gostando eu de diversidade e de ter pessoas inteligentes de quem discordar, muito aprazível – que haja quem defenda o estado como central na economia, na sociedade, na cultura e, até, na vida corrente das pessoas (há uns sinceros com a ideia paternalista de que há muitos adultos à solta que não sabem resolver a sua vida e que o estado tem de lhes ensinar, e há outros que gostam da ideia de desta forma ter poder sobre os outros), já a defesa de certas causas como ‘de esquerda’ só nos pode fazer concluir pelo que pus na primeira frase.

A indignação com a abertura dos supermercados no 1 de maio, além de raiar a loucura, raia a idiotia. Não teria nada contra o 1º de maio ser o feriado por excelência daqueles que apenas se sustentam através do seu trabalho (ao invés dos que detêm também capital e que são simultaneamente trabalhadores e investidores) e que, como no dia de ano novo e o dia de Natal, tudo, exceto os serviços que não podem parar, encerrasse. Mas o 1 de maio não é nada disso e, dos tempos em que já tenho idade para ter memória, nunca foi. Os cafés e restaurantes sempre estiveram abertos. Os centros comerciais sempre funcionaram. Sempre houve feiras aqui e ali para aproveitar o feriado. Os cinemas e espetáculos sempre continuaram sem interrupção. Os museus sempre receberam visitantes. Por todo o lado, menos nos supermercados, se encarou o 1 de maio como um feriado igual aos outros.

Que se veja como um ignomioso, brutal, iníquo (e mais quinze adjetivos pejorativos) ataque aos trabalhadores uma (ou duas) cadeias de supermercados abrirem no 1 de maio só mostra como agora as causa da esquerda (pelo menos da esquerda histérica) são pequenas e não têm nada a ver com justiça nem com proteção dos trabalhadores. Fazem lembrar os conservadores religiosos para quem foi uma punhalada bem colocada entre as costelas que os hipermercados abrissem ao domingo à tarde. Quem trabalha neste dia nos supermercados é compensado por isso em mais do que determina a lei, trabalha porque quis e os outros trabalhadores de outras empresas, sobretudo os que ganham menos, têm possibilidade de comprar bens essenciais mais baratos. E para as almas sensíveis a quem repugna ver pessoas de menores rendimentos a acorrerem a um supermercado só para aproveitar uma promoção, e lá dentro sobreviver aos encontrões e às longas filas, do not worry. As senhoras do extremo oposto da pirâmide social fazem as mesmas figuras com os sample sales e os stock off de marcas de luxo. As más figuras por causa de promoções são, afinal, um unificador social.

Sample-Sale

O Soares continua fixe

Foto de LUÍS PARDAL/GLOBAL IMAGENS

Foto de LUÍS PARDAL/GLOBAL IMAGENS

Mário Soares continua em grande forma. Entre muitas outras preciosidades repetidas semanalmente, o meu destaque vai para a revolta da Natureza provocada pelos mercados usurários. Depois não se queixem dos vulcões cuspirem fogo e dos sismos abanarem a crosta terrestre um pouco por todo o lado, com consequências verdadeiramente desastrosas. Tragédias à parte, as opiniões do pai da democracia.são de leitura obrigatória e deviam constar do plano nacional de leitura.

O mundo está cada vez pior. A natureza está a revoltar-se contra as agressões sobre a Terra que os mercados usurários lhe estão a causar.

O que se passou recentemente no Chile é um exemplo de grande gravidade. Mas não só no Chile, também agora no Nepal, com repercussões na Índia, China e Bangladesh, onde um sismo de grande proporções vitimou milhares de pessoas.

Não podemos ver estes factos como meros fenómenos naturais. Mas atenção, se não se agir contra, a Terra, a nossa Casa Comum, corre grandes riscos…

Compreender o putinismo XXIV

Maus é mau.

Maus é mau.

Putin apoia a cultura.

How Putin Got Russians to Start Censoring Themselves

Anxious to comply with a law against Nazi propaganda, bookstores in Moscowhaving been pulling copies of the comic book Maus. Art Spiegelman’s Pulitzer Prize-winning book, which uses cats and mice to depict the horrors of the Holocaust, is not exactly pro-Nazi, but it does feature a swastika on its cover, and the store owners pulling it say they didn’t want to run afoul of a government directive mandating the removal of fascist symbols from the city ahead of the May 9 Victory Day celebrations, which commemorate the defeat of Nazi Germany.

 

Compreender o putinismo XXIII

ss

O mais importante papel de Vladimir Putin. No entanto, desconfio que a criatura do Kremlin desconhece o poder que o Steven Seagal tem nos canais televisivos nacionais.

#pensaremgrande II

beja

Não sejamos tímidos. Exijamos um aeroporto de Beja em cada cidade portuguesa. Afinal, há uma mina inesgotável de ouro no Rato.

Um toque de humanidade

Pela borda fora. O motivo não podia estar mais nobremente justificado.

Muslims who were among migrants trying to get from Libya to Italy in a boat this week threw 12 fellow passengers overboard — killing them — because the 12 were Christians, Italian police said Thursday.

Italian authorities have arrested 15 people on suspicion of murdering the Christians at sea, police in Palermo, Sicily, said. The original group of 105 people left Libya on Tuesday in a rubber boat. Sometime during the trip north across the Mediterranean Sea, the alleged assailants — Muslims from the Ivory Coast, Mali and Senegal — threw the 12 overboard, police said.

Other people on the voyage told police that they themselves were spared “because they strongly opposed the drowning attempt and formed a human chain,” Palermo police said. The boat was intercepted by an Italian navy vessel, which transferred the passengers to a Panamanian-flagged ship. That ship docked in Palermo on Wednesday, after which the arrests were made, police said.  The 12 who died were from Nigeria and Ghana, police said.