Mais um passo na direcção da ditadura fiscal (2)

Fui informado que a injustificável ministra Paula Teixeira da Cruz conseguiu levar adiante a sua missão justiceira e que a maioria PSD/CDS chegou a acordo para aprovar a invenção de um novo crime de enriquecimento ilícito. Parece que apenas o PS se opôs a esta subversão do estado de direito; e vejo que o ex-ministro Pedro Silva Pereira, lembrança simbólica da era Sócrates, tal a semelhança física e de estilo oratório com o ex-líder de má memória, foi capaz de escrever sobre o assunto com a lucidez que faltou à grande maioria dos apoiantes deste governo, que fecham os olhos a esta monumental perversão. Confortavelmente iludidos atrás da cortina do «quem não deve não teme», continuam na sua passividade a assistir ao lento – mas imparável – caminho na direcção de uma tirania gentil, que a todos oprime sem que a ilusão de que são livres seja quebrada. No fundo, como diria Tocqueville, na direcção de uma nação reduzida a um rebanho de animais tímidos e trabalhadores, dos quais o governo é um pastor.

Leitura complementar: Mais um passo na direcção da ditadura fiscal.

About these ads

6 thoughts on “Mais um passo na direcção da ditadura fiscal (2)

  1. Toca a utilizar daquela mobilidade e flexibilidade, tão boa para os outros, e por-se na alheta. Para o Brazil ou Angola como recomendou o outro.

  2. Pingback: Portugal não é um estado de direito « O Insurgente

  3. Pingback: CDS e PSD aliados à extrema-esquerda, contra a liberdade « O Insurgente

Deixar uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s