“Contos proibidos. Memórias de um PS desconhecido”, de Rui Mateus – o livro que desapareceu

Um artigo corajoso: Escândalos da democracia: O livro que vendeu 30 mil e desapareceu. Por Enrique Pinto-Coelho.

Fixe bem esta data: 27 de Janeiro de 1996. Era um sábado e o público português assistiu a um fenómeno sem precedentes: um livro, escrito por um autor nacional, vendeu 30 000 exemplares no lançamento. Depois foi retirado do mercado e nunca mais reapareceu.

“Contos proibidos. Memórias de um PS desconhecido” foi a obra “mais atrevida”, segundo Nelson de Matos, a pessoa que o publicou na Dom Quixote. Numa entrevista ao “Expresso”, em 2004, o editor negou ter sofrido pressões ou ameaças, mas denunciou a existência de “comentários negativos” que lhe causaram “bastantes dificuldades pessoais”. “A todos expliquei que o livro existia”, disse na altura. “Tinha revelações importantes e procurava ser sério ao ponto de as provar. Desse ponto de vista, achei que merecia ser discutido na sociedade.”

Nelson de Matos é também, provavelmente, uma das poucas pessoas que conhece o paradeiro do autor – a hipótese mais repetida é a Suécia, mas ninguém está em condições de confirmar nada. O escritor, tal como acontecera antes com o bestseller instantâneo, desapareceu sem deixar rasto.

Dez anos mais tarde, o jornalista Joaquim Vieira publicou cinco textos sobre o assunto na “Grande Reportagem”. Em conversa com o i, recorda que “quando o livro saiu, o Rui Mateus foi entrevistado pelo Miguel Sousa Tavares na SIC, e a primeira pergunta que este lhe fez foi: ‘Então, como é que se sente na pele de um traidor?’ Toda a entrevista decorreu sob essa ideia.”

(…)

Vieira lamenta o “impacto político nulo e nenhuns efeitos” das revelações de Mateus. “Em vez de investigar práticas porventura ilícitas de um chefe de Estado, os jornalistas preferiram crucificar o autor pela ‘traição’ a Soares.” Apesar de, na estreia, terem tido todas as coberturas, livro e autor caíram rapidamente no esquecimento. Hoje, a obra pulula na internet em versão PDF.

Leitura complementar: O que é feito de Rui Mateus (e do seu livro)?

About these ads

7 pensamentos em ““Contos proibidos. Memórias de um PS desconhecido”, de Rui Mateus – o livro que desapareceu

  1. Fui dos que o comprei ! É bem elucidativo da “gente” que nos governa, o padrão é o mesmo !!

  2. Pingback: O fim da revista Grande Reportagem e a demissão de Joaquim Vieira « O Insurgente

  3. Tenho o livro e guardo-o religiosamente. É claro que é muito polémico e põe em cheque muita “boa gente” deste País; daí o seu desaparecimento!

  4. Pingback: Soares vintage | O Insurgente

Deixar uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s