Onde fica o clitóris?

O Daniel Oliveira afirmou em tempos que os liberais (ou conservadores como ele lhes gosta de chamar) não sabiam onde ficava o clitóris. Tenho que admitir que compreendo a confusão. Pelo que vamos lendo de alguns bloggers liberais e de direita sobre outros assuntos, seria de esperar que as respostas à pergunta “Onde fica o clitóris da mulher?” fossem variadas. Por exemplo:

Resposta de um daqueles liberais “muita progressistas-o casamento entre homossexuais é uma prioridade civilizacional”:
Isso de afirmar que só as mulheres é que tem clitóres é profundamente homofóbico. A malta progressista sabemos que o clitóres fica ali mesmo na entrada do ânus.

Resposta de um “liberal-conservador-O Ron Paul é um velho demente”:
Não me falem em clitóris que desde que descobri onde isso ficava que ando a carregar sacos do Lidl e embalagens de Fairy.

Resposta de um “liberal-paternalista-Escola de Oxford”:
Isso depende. Clitóris do tipo A (com C maiúsculo) ou do tipo B (com c minúsculo)?

Resposta de um “liberal-autoritário-Escola de Otawa”:
A minha teoria, que pretendo provar nos proximos 67 posts, é de que o clitóris fica na parte de trás da nuca e é um exclusivo das mulheres protestantes.

Resposta de um liberal puro daqueles que leu todas as obras de Mises, Hayek, Friedman, Arroja,…:
O clitóris localiza-se na parte superior dos pequenos lábios (labia minora), logo acima da uretra. É preenchido internamente por gordura e tecido muscular. Por fora, é revestido por uma epiderme muito fina. O ápice do clitóris é bulboso, chamado de glande (glans clitoridis, em alusão à glande do pênis dos homens), onde se encontram a maior parte dos terminais nervosos responsáveis pela sensação de prazer. Alguém me arranja um?

About these ads

17 thoughts on “Onde fica o clitóris?

  1. (Este comentario apesar de ser publico e’ para ser lido apenas pelo JLP.)
    Joao, nao quis colocar a resposta dos anarco-libertarianos na pagina principal do blog por respeito aos leitores mais sensiveis, mas seria algo do genero:
    “O clitoris deslocou-se de forma espontanea para a zona do corpo da mulher mais sujeita ‘a friccao. Futuramente, se nao houver qualquer intervencao coerciva estatal, e’ de esperar que se desloque, espontaneamente, para a garganta.”

  2. Cirilo, ja mudei o wording da resposta da ultima categoria de liberais para evitar confusoes como a tua.
    abraco

  3. “(Este comentario apesar de ser publico e’ para ser lido apenas pelo JLP.)”

    A coisa fica entre nós.

  4. “O clitóris localiza-se na parte superior dos pequenos lábios (labia minora), logo acima da uretra. É preenchido internamente por gordura e tecido muscular. Por fora, é revestido por uma epiderme muito fina. O ápice do clitóris é bulboso, chamado de glande (glans clitoridis, em alusão à glande do pênis dos homens), onde se encontram a maior parte dos terminais nervosos responsáveis pela sensação de prazer.”

    Foste buscar isto a que enciclopédia? :)

  5. “Foste buscar isto a que enciclopédia?”
    Nao foi na enciclopedia, foi na cartilha.

  6. :D :D

    o “liberal-paternalismo” é hard ou soft? Se é soft ficava melhor “liberal-maternalismo”

  7. E pelos vistos também não sabem como se escreve (nem diz). É «clítoris», com acentuação no i. Isto a falta de uso… da palavra, claro.

  8. Pingback: blogue atlântico » Blog Archive » Respostas liberais

  9. Uma coisa me deviam explicar os liberais: se a oferta é sensivelmente igual à procura, se dele tira proveito mais quem o fornece do que quem, por assim dizer, o consome, porque raio continua a ter tanta saída? Desconfio que haja aqui mãozinha do Estado para distorcer o mercado!

  10. “se a oferta é sensivelmente igual à procura, se dele tira proveito mais quem o fornece do que quem, por assim dizer, o consome, porque raio continua a ter tanta saída?”

    Fácil. Caro Daniel, ele não é o produto, por assim dizer, destinado ao consumidor, é o SWIFT do fornecedor.

  11. Daniel:

    Não interessa quem tira mais proveito, se o fornecedor se o consumidor. Ambos esperam tirar o máximo. Os negócios só se fazem se ambas as partes acreditarem que vão tirar proveito da transacção. Claro que nem sempre acontece, mas isto da economia não é uma ciência exacta.

Deixar uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s