Esquizofrenias

Um CV é importante?

Na minha opinião, sim; agora, não por questões «nobiliárquicas», mas pelos conhecimentos que possam daí advir, como suporte para uma carreira, para ajudar a definir um perfil.

É um erro reduzir as dúvidas sobre a licenciatura do PM (e as restantes trapalhadas na ENSP e ISCTE) a uma mera questão de «títulos». José Sócrates, chegado a Secretário de Estado, decidiu construir uma imagem yuppie, engenheiro com MBA, homem de topo, estoico que paira acima do universo político. Um perfil que não encaixava, porém, naquilo que foi o seu percurso pessoal – até ai limitado à carreira pública como engenheiro técnico da Câmara da Covilhã, à participação nuns negócios com Vara e Saleiro, e à confortável cadeira da Assembleia da República – corrente e mediano, incompatível com as ambições de quem se queria apresentar como artífice da exigência.

Os diplomas não devem ser tomados pelo seu «valor facial». Não valem por si. Agora, a forma como entronizamos Sócrates, lhe servimos numa bandeja de prata o acesso ao Poder, demonstra o culto que temos por figuras de plástico; pelo contrário, impera um desprezo corrente por quem se esforça, sintomático da forma como desvalorizamos os percursos consistentes. Os eleitores não se dão ao trabalho de escrutinar o perfil do primeiro-ministro (deste, e dos anteriores), no momento da eleição, nem estão interessados em saber o que se passa em relação a José Sócrates, como se este caso não fosse importante.

Milhares de portugueses anualmente correm atrás de um «canudo», ao ponto de pagarem propinas por licenciaturas (e pós-graduações) onde se desaprende; depois, vox populi, fala-se dos diplomas como se não tivessem nenhum valor, não fossem relevantes. Esta esquizofrenia abre caminho à negligência: a nossa democracia dispensa algo que é essencial, perceber quem são os políticos, os candidatos, o que fazem e fizeram nas suas vidas. Ninguém contrata um trabalhador, nem que seja para um serviço básico, sem avaliar o perfil do candidato. Os políticos estão, parece, acima desta apreciação. Entregamos-lhes um elevado poder decisório, que influencia directamente as nossas vidas, de mão beijada.

Cada qual tem o que merece.

About these ads

Deixar uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s